terça-feira, 15 de setembro de 2009

part 2

......Hoje acoerdei...e não fui muito longe, eu na verdade nem tinha vontade de levantar da cama, a ausencia era fatal
a vontade de acordar vazio e tão forte quanto o desejo de que ele esteja ao meu lado,cada dia tem cido como todos os outros sem nehma variação,sem nem uma cor a mais...
e cada dia eu vejo meu conto de fadas virar uma novela das oito daquele tal canal de tv...cada dia me comverto monos em mim, e pareçoe star perdendo as cores pela difilcudade do caminho,ou por não aseitar a dureza, as pereza daquele quem eu amo,e que me enche de duvidas e desejos...
como euq queria ser como ele,como eu almejo que não caia lagraimas dos meus olhos....
mais a noite chega,os amigos se vão,os sorriso se calam, e nada resta alem da falta que me da sua auencia....e como um dardo afiado e sangrado me rompe o meio do peito....
me innuldo em fraqueza e amor,em dor e orgulho....
retorno a um ser misto de sentiemntos inconehecidos...
teno medo de me decepicionar, mais tenho corajem pra viver, sem me questionar....eu quero, seu braço, mais uma vez, queroa cordar ao seu lado na manha gelida emcoberto por seu bom dia...
sim eu quero....
agora vou deitar, e desejar mais que um sonho, mais que uma manha...

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

a canção.

Pode ouvir? alguém esta cantando...cantando com a garganta,bem alto...tipo que canta pra exaurir-se e extinguir alguma coisa que o amarga...sim posso mesmo ouvir com muita clareza seu canto....é um canto desesperado de dor,daqueles cantos de quem amou e foi deixado,daqueles cantos de quem se entregou e foi mau visto por deitar e se entregar tão fácil...mais no seu canto quase alucinogéno como um de uma épica imagem de mulher-peixe do mar revela a dor,revela a amargura de um sentimento nunca vivido e que por sua propia força continda precisa ser exaurida,sacada como um veneno que mata lenta e dolorosamente quem o recebe...mais este alguém tem fôlego,emborra possamos ouvir claramente seu soluço entre um refrão interopido e outro....sim, observemos ,vai sobreviver...este é apenas um canto de morte que não é bem uma morte,e um canto fúnebre de mudança de estado,de interior trocado...e como uma canção de guerra, onde seu saudado e também o inimigo e amigo:ele mesmo!!....mais olha eu posso ouvir a canção...eu posso ouvir.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

a mulher,um laço de fita e o ciume

Ela era avida e cheia de luz,eles bailavam ao seu redor como se endeusasem seu ar alegre e refinado,mais ela era somente ela...trazia no cabelo negro um laço vermelho, sua roupa sempre acompanhava o desenho do corpo,e em seus olhos as cores da vida pousava maquinado seu rosto com grande maguinetismo..ela era na verdade a simplicidade traduzida em carisma , em força....
Logo ele se encantou por seus gestos e sem muita demora colocou em um dos seus dedos um solitário diamante pendido uma fina armação de bom quilates dourados....
mais bastou alguns bons meses para que a hora dos celos...os ciumes invadisse sue coração a começasse a fazer dele sua marionete, deixando completamente a mercer de cometarios e atos insultis....
Hoje você não pode usar aquele laço vermelho, amanha não é bom que você use aquele vestido preto,tem muito decote,porque usar baton para ir a feira? vamos comprar verduras apenas...e trazia consigo a cada dia um novo vestido,um baton um pouco menos vermelho,uma faixa com um tom menos alegre...e tudo que ela era foi sendo deixado no canto de uma cómoda,guardado como um desejo antigo na memoria de alguém que nem se sabe quem...
Aos poucos toda aquela alegria que vinha envolta numa mulher linda e exuberante se tornou em,apenas mais uma mulher...já não tinha mais laço no cabelo, baton nos lábios e vestidos decotados,apagara-se o encanto virava a historia real um conto.
Em uma certa manhã deixado por ele sobre a cama uma caixa branca e um envelope,onde dentro dele contia a frase" para a mulher que eu amei"..... e dentro da caixa havia um vestido de linho decotado,um baton vermelho carmim e um laço vermelho de cetim.
Ela apenas olhou,alisou e guardou tudo dentro da gaveta junto a sua velha imagem...imagem de quem ela não se esquece e por vezes sorrir sozinha dentre o cheiro de um perfume e outro no ar vindo de alguma lembrança...mais ela sabe que aquela mulher que morreu aos poucos jamais irá voltar...ela foi roubada,quebrada e celada pelo ciúme e o desejo de domínio controlador do outro.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

pedaços de um cristal quebrado -part I

Algum tempo um jovem menino encontrou na rua uma caixa vazia...mais não uma caixa comum...era uma caixa de boa aparência e muito bem feita em seus acabamentos..forada por um pano felpudo e vermelho, acolchoado com uma doce espuma fina a macia, em sua bordas avia detalhes muito minucioso feitos de fios de ouro,que reluzia de foram estraordinaria,aos olhos de quem a encontrasse...e por privilegio este garoto a encontrou no meio de outras caixas sem muito valor...jogada no meio da rua,a vista de qualquer hum...porem dentro desta linda caixa havia a coisa ainda mais presciosa...havia pedaços,pedaços de um cristal quebrado....intrigado o jovem sentou a beira da calçada e tentou imaginar,quem poderia ter quebrado aquele cristal? e porque alguém o faria?...não contendo-se dentro dele..começou a buscar respostas dentro da propia caixa. e no meio das outras onde ele encontrou a linda caixa que possuía o interior roto,partido.
Depois de ficar por horas ali garimpando cada parte do local como se cada minuto importasse obcecadamente...ele começou a encontra os pedaços do cristal....mais junto a cada pedaço que ele achava vinha uma lembrança...de uma bruta palavra,de um bruto gesto e o fim da interesa do cristal, que tinha sido comprado com o propósito de comemorar de viver,de perpetuar...porem uma mão voluntariamente o feriu,uma palavra torpe o desviou dos eu propósito....e loucamente ele( o menino ) esta sentado na mesma calçada querendo colocar de volta os pedaços no lugar, daquele lindo cristal e poder ver quem sabe ,novamente o brilho dele dentro da bela caixa...mais o que o menino ainda não sabe é que um cristal partido, não se cola, não se remonta por mais que se ache as peças todas as minuciosas,por mais atenção que ele tenha em ter cuidado todo tempo...ele vai ter apenas pedaços de um lindo cristal quebrado, muna linda caixa vermelha e de detalhes dourados...seguira sendo a beleza do seu achado....pobre dele que no seu dia infortuno encontrou a caixa do cristal e como valor sentimental as lembraças de outro tal...comcedera um milagre priveligiso os deuses e o fara o consegui o feito?

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Guerra

"Guerra
Mata o amor.
Por nada se briga.
Gente que torce prá que ela exista,
Chefes de nações autoriza
Aí começa a grande ira.
Bala prá lá, bomba prá cá
Gente morta, gente ferida
Pessoas atacadas, pessoas atacando
Humanos que nunca se viram
Lágrimas, ódio,
conflito de poderes
Jogo político,
governos malditos
Milhares de mortos
Todos inocentes
Erguem a bandeira,
Bradando vitória,
Bradando conquista."

Esse é um dos meus trabalhos Fredsson
espero q goste
vc é o meu primeiro amigo que apresento um trabalho.
Te gosto. by Roberto(Pedro) Seu Lobo.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

acordei bem cedo...depois de quase não dormior e rolar muioto na cama...somente eu e os lençoes...este inverno tem cido tão frio pra quem já esteve em um outro inverno tão branco em um terra tão branca....

achei os meus pinceis aqueles que eu sem perceber dava cor na minha vida e podia colorir tambem minha face...mais eles estão tambem gelidos e opacos, acho que você poderia me dar um pouco de piguimento de alegria para encandiar isto tudo aqui..

acho que cada dia eu me comverto um pouco mais, cada dia eu me entrego um pouco mais.mais o que pode fazer alguem que é feito de amor? o que pode fazer alguem que é feito de coisas doces e sonhos?? eu não sei...as horas são como pequenos passaros vaondo em meus olhos de um lado para outro correndo em direção...que nem sei...
os dias de inverno tem cido mesmo gelidos como nunca provei..sera a sua ausencia me mim?

sábado, 11 de julho de 2009

asas?!

já acreditei que era uma anjo, e por algums minutos até quis voar...ou talvez conseguir voar
eu mesmo me personifiquei em pura bomadade sedendo minha vida para que pudece de algumas formas gerar um pouco mais de vida...tentei ser mais reto que as arestas de uma regua,tentei ser mais limpo do que a nuvem clara da manha atravesada por raios claros de sol,tentei falar apenas sobre coisas ludicas e utopicas que transformava loucamente inferno em céu...mais quando encontrei aqui , neste lugar um amundo que mata seus anjos, que faz da fome uma escravidão e do toxico uam forma de homicido, eu tentei parar de tentar ser anjo e pus os pés no chão, e fazendo isto eu sangrei e sentir a dor daqueles que tem fome, a sede daqueles que não tem algua e vi a conciência daqueles que não tem conciência, a covardia daqueles que fecham os ohos e tapam a boca para não falar ou ver o que acontece por debaixo do sol e sob a bruta terra que se espande no seu pedaço minusculo de mundo solto no universo...ali eu deixei de ser anjo, de ser utopico e acreditar que eu podia voar e percebi na verdade que eu jamis tinha vivido a realidade que eu jamis poderia ter saido do chão, onde eu tinah meus propios sapatos pregados pela mentiura de não ver a verdade, não ver o que meus olhos não queria ver...deixei que cada pena se comverte-se em verdade, que cada pena transformada em veradade trilha-s eo caminho para algo que eu esperar ser um pouco melhor, o amor a vida, ao outro, ou proximo, que vai além de caras bonitas e corpos formosos, que estende pelas calçadas na face daquele que estende a mão para pedir o pão, ou tentar chegar ao leito daquele que vai na cama em seu ultimo suspiro se despedindo da vida até incerta morte....ainda com sapatos presoso no chão, desconbri que podemso viver se, ouro, mais não sem agua, podemso viver sem luxo, mais não sem aqueles que amamos...e por fim no final da minah caminhada sem passos, eu já não tinha asas e jamis fora anjo algum, nunca ousara um vou se quer de verdadepara lugar qualquer...preso em minahs ilusoes eu não percebi o tempo passar e perder o maior teosuro: A VIDA!!
então se ainda houver tempo pra você, despregue o sapato, retire as asas, e olhe por um segundo oq ue é você e o mundo aos eu redor..te falta alguma coisa? alguem? o que você pode dar? oq ue você quer receber? a vida em sua vida? a liberdade em suas asas?

sexta-feira, 10 de julho de 2009

leve-me ate o sol!!

leve-me para perto de uma coisa
que não é possivel medir com
fita ou regua,
para perto de um sentimento que não se pode ver com olhos ou lupa
leve-me para perto de onde as horas são incertas
mais oa final o ponteiro segue um só caminho
o de chegada.
leve-me até o sol do seu peito
para ter uma vez mais o prazer de deitar ao seu lado
e fazer de nossa vida uma só
e fazer do nosso corpo uma só alma deixando que cada gota de suor
seja como o orvalho das flores, suavimente perfeito em sua criação.
leve-me nas nuvens com seu toque que desnudece minhas armadilhas
tornado-me como o mel vuneravel as abelhas
sendo doce e âmago aos que provam seu sabor.
leva-me para que a ausência não provoque a saudade exacerbada e a loucura da alma,
para que nossos olhos possam revelar a verdade dentro deles
e que a voz possa entoar a canção que só a aos passarros e permitido decifrar.
leve-me até onde a cor do seu é mais pura que o azul que contemplamos
e lá vamos achar o que as pessoas normais não encontrar, vamos ter frente a verdade
que todos temem. mais todos querem e anceia como ilhas ligadas por uma penissula interupta e rodeada de mar.
leve-me até o sol e me traga vida e calor!!
leva-me.

sol de inverno

sol de inverno é assim, ele chega um pouco meio fraco e aquece tambem um pouco fraco
mais nunca fica de veradde nunca aquece o peito com vontade...sempre deixa por vez ou outra que a chuva venha e esfrie um pouco o corpo e a mente...
assim ele traz um pouco de luz , ele traz um pouco de brisa e um pouco de alegria...
mais ele nunca é inteiro completo e nos deixa repleto....
mais é um periodo trasitorio entre a elgria e a tristeza de tentar ser capaz,ser luz
por muitas vezes ele tenta tão forte trazer luz que explode de uma forma bela e apoteotica sua clareza é tão intença que nos abre a boca e fecha os olhos....de tanta clareza...mais é uma clareza futil e passageira que é levada com a primeira nuven que passa e leva com ela a luz, aclareza e deixa a brisa do dia, com ar de frio calido e inospito.
mais aceitemo os esforços desta estação , deus-momento que faz de suas vontades abrincadeiras para os que vivem sob o sol.

terça-feira, 23 de junho de 2009

tres irmãos

Quando eles sairam de casa o dia ainda raiava a luz ainda começava a desfazer a penumbria da noite...mais o que iria fazer na rua a uma hora daquelas?porque sair tão cedo?
desceram a ladeira e sem nem olhar pra traz cruzaram a rua numa rapidez que os outros olhos mal poderiam enchergar....
ninguem ainda dera falta deles dentro de casa nem se quer poderia imaginar que meninos como eles poderia fazer coisas como aquela, afinal " os meus não!! os do vizinho sim."
este é o mal que nos cega, a olhar tanto pros lados não vemos muitas vezes o que esta a nossa frente, e somos pegos dando jus aqueça velha frase" só damos valor quando perdemos"...e as vezes perdemos da pior forma, do pior modo, e algumas perdas não tem volta!
eles continuaram sua busca diaria, ja estavam a algums boms meses fazendo isto,e a cada vez mais crescia a nescecidfade de fazer...velhas,homes,crianças, não importa eles queria e faziam...ou não mais queriam mais tinham que fazer.
uma mão aqui outra ali, um toque suave um pouco de anciedade e um pouco de suor pela face, mais continuava como se seu oficio não causase dano a sua moral ou estado....isso era mesmo imoral pra alguem tão pequeno como eles....eram três...sim até uma destas manhãs....nesta manhã havia sol, e seus corpos ja se moviam pelas ruas e vieleas já faziam tempo...conehciam cada burraco da cidade como a palma da mão, e podia se esquivar e esconder com tamanha facilidade de surprender ate o mais rato dos ratos.
eles comtinuavam a sua atuação, e de cada em cada calçada levava uma coisa roubada, sim eles estavam a algum tempo roubando, saqueando, furtanto como queiram descrever...e em umas destas más horas em que o propio diabo que te ponhe no caminho te vira as costas ele foi a bola da vez, e como todod preto de origem pobre que se mete em coisa grave, virou pagima de jornal e estatistica social...em casa sua mãe gritou a dor do desespero era ainda dez da manha sentada numa bacia de roupas e uma tanta quantia de roupa pra lavar. naquela hoars eu peito pareceia um vulcão su cabeça não pensava com o peito desparado e as pernas tremulas quase sem movimento ela correo e correo...a noticia viera fresca aos teus ouvios, trazida por um vizinho que passou por um acaso na principal e vendo a multidão tomou-se de curiosdade e foi observa.´..pra sua surpresa o presunto fresco era uma cara antiga e conhecida, o filho mais novo da lavbadeira estava estirado e coberto por um pano branco e vermelho,vermelho de sangue jovem com cheir de futuro intemropido...
Mas, que não via ele sair de manha?porque ninguem olhava o que estava ao seu redor? a tranparencia que asola nossas crianças de pais e mães despreparadas. pisicologicamente, fisicamente,moralmente....e aquelas milhares de crianças sem culpa ou sem inocencia, vendidas ou roubadas pelas ruas da cidade....tudo isto é nossa sociedade composta por pequenas e grandes gentes de grandes e pequenos atos licitos ou ililcitos,voluntarios ou involuntarios....
Olhando o corpo do seu filho morto ela chora,bate e grita,pede pra que volta e faz promessas, mais nada traz de volta do caminho sem rota...os outros dois teriam tambem fim igual, do crack já tinha o beijo, aquele que nem o santo pode mais evitar, nem resadeira curandeira pode revogar....e os outros dois continuariam a caminha pra rua na madrugada....até a noticia chegar...e mais um se perdera, é assim, e assim sera. sempre.




sexta-feira, 19 de junho de 2009

apareca...........

apareça para eu gritar pro mundo que eu presciso de você que eu não posso vivers em você
que faço qualquer coisa pra ficar ao seu lado
porfavor.....não me deixe quai no chão
porfavor não me negue o direito de te amar!!!!!!!!!
FIQUE AQUI E NÃO ME DIGA NÃO!
Estou tentando tanto, mais uma vez tentando ser forte e empedir que os dardos da vida me causem menos dor, mais parece que não consigo empelir nada, nem o menor pesnamento parec que não consigo me mater de pé...eu tive tanat coisa nas maõs, tive o mundo mais nada me fazia tão vivo como um sentimento que senti quando o conehci..mais agora não consigo esta de pé quando penso no que pode acontecer..dia a dia eu peso a Deus para ser forte e aceitar o que vem..mais eu ja não posso...

terça-feira, 9 de junho de 2009

pequeno ato grande valor

as vezes temos um segredo nas mãos

uma coisa valiosa e nem sabemos como cuidar ou guardar

mais só damos o real valor quando perdemos...isto é muito certo. muito certo.

e eu sei que apesar de não entender, eu sei dar o valor que as coisas merecem,

eu sei dar o valor das pequenas coisas a minha volta

dos pequenos atos que as pessoas fazem por mim.

embora não passo de um mortal, eu acredito que existe coisas mais

importantes que as que vemos.

INTEIRO

Toda vez que você vai eu tento manter meu coração inteiro
e muitas vezes você parece que não se importa com
o que eu possa sentir , e simplismente me manda sair ,ou esperar
quando você me trata assim como uma coisa usada
sem motivo na sua vida como coisa não desejada,fico trsite
e tento deixar meu coração inteiro, mais fica dificil cada vez que penso
em meus braços sem você
e sei que você nunca vai perceber o que esta aqui em mim,porque posso ser apenas mais
uma de suas opções irreias.
mais tenho conciência de que posso perder, e você tambem.
e embora eu não consiga ver meu coração sem você,
eu presciso aceitar, a falta de um dia,preparar meu coração ,ele não estara inteiro.
mais vou ter que seguir,e tentar manter meu coração inteiro.
algumas vezes já desejei nada desejar...mais não quero mais andar vazio, se
posso ser algo para alguém...queria que fosse você,mais talvez
eu tenha muito amor e muita emoção,
e no lugar de um celebro um coração
e você não possa suportar,devo te sufocar...
poriço você se irita e tenta fugir me deixando aqui
e meu coração não consegui ficar enteiro,
quando você usa a palavra "eu não quero"meu mundo some.
você pode, etem todo direito...eu não sou o ultimo da lista
mais sei que não vai ter amor como eu te dou
de ninguem mais!!
posso as vezes ser egoista falando de mim todo tempo,
falando do que sinto
mais tu tambem é egoista quando quer acabar com tudo
sen pensar no que pode causar.
e agora,depois que você saio sem nada me dizer,
vou rolar um pouco na cama,tentando deixar meu coração
inteiro....até que um dia você resolva
que devo deixar de ser, e eu vou te levar comigo
como a ultima carta do meu jogo. como meu passo
pelo mundo dos sonhos tentando ser real.
e farei de tudo para nãó ficar na estrada esperando
o que você vai levar de mim.
O AMOR!

segunda-feira, 8 de junho de 2009

saudades

muitas coisas na vida causam dores
como machucar a mão ao fecahar a porta
cai de joelhos no chão
ouvir palavras ruims de amigos
morder a lingua sem querer
um chute na canela doi
uma topada doi
bater a cabeça na porta do armario sem esperar
martelar o dedo tambem doi muito...
mais nada doi mais do que a saudades de quem gostamos
saudades de não sentir o abraço
de não pegar nas mãos
olhar os olhos
sentar do lado
ouvir a voz
e ate ficar calado
saudades de provocar um riso
enchucar uma lagrima
chamar de bobo
.....nada pode explicar a lagrima e a dor da saudade.

sábado, 6 de junho de 2009

entender

As vezes eu só queria entender a vida, a svezes eu só queia saber o porque de cada coisa..mais acho que isto não é permitido ao homens, a compreenção de tanta coisa...podemso entender oq eu é um atomo embora haja milhares de fatores que nos faça desacreditar nestas teorias uqe nos parece absurda ante a nossos simples olhos...podemos compreender porque o filho nescecita tanto do apoio de uma figura materna antes de achar-se dona de seu nariz. ou té mesmo depois de pensar que pode caminhar sozinho voltar a recorer a um baraço apertado, ou a um simples ok! siga em frente....mais algumas outras coisas jamais vamos entender...como o porque de mara tanto alguem que parece indifrerente muitas vezes,ou o porque de querer se embrigar mesmo sabendo que isto vai te causar dor de cabeça e que você pode fazer bobagens que vai se arepender no outro dia...a vida é assim cheias de entre-palavras, entre-coisas, que não esta em nós a capacidade de entender...mais vivemos elas...iston parece louco a bsurdo e frustante, maisa tgemos que viver com estas interogações soltas em nós....e nos pegar as vezes no meio do cilencio olhando coisas e pensando nos porques de cada manhã, cada sol que se ponhe,cada estrelas que surge, e cada coração que mesmo temendo ser ferido se apixona e se engana....sempre vamos tentedar entender estas coisas, mais não é permitido a homem tudo saber...alguem sabe entender vida?
acho que esta é uma pergunta sem respostas...

terça-feira, 26 de maio de 2009

palavras..sobr o amor...

amor??para apenas deixar de sentir o vazio e passar a ter a certeza de um outro olhar que por si só quis te acompanhar,perguntando por vezes com os gestos se pode estar ao seu lado, se pode te contemplar deitado...é assim o amor? então estou certo de que amo, estou correndo o risco de quem ama,e quer saber? acho que não preciso temer em me a arrepender...tenho a minha certeza e luto pelo que eu acredito...acredito num sentimento triunfador e inigualavél, que desafia os conceitos de todos os lados...estou fincado numa coisa boa e pura, que achei sem perceber,e não quero deixar escapar...eu sim vou amar e gastar a minha vida com o melhor que eu tiver em mim sem guardar palavras entre os dentes,sem deixar que se escape um segundo de ternura ou seja lá o que estiver no meio disso tudo...mais vou amar como posso,como sei e como me permitir ser amado,ao lado do meu amado...porque se existe no mundo uma coisa maior e mais forte no mundo do que o amor,me façam conhecer, me deixem diante dela e me faça contemplar sua gloria...porque até hoje nos muitos caminhos que passei, mais muitas horas que dividi e perdi, jamais vi tamanha grandeza riqueza com no que agora encontrei, em meu amado,neste ser que com suas desventuras e loucuras me traz todos os sentimentos reais,no quais jamais imaginei sentir sem fingir...então porque não amar? porque não se deixar nesta carga de emoção que ultrapassa os dais de paixão que te alavanca da solidão e fazer viajar sem tirar os pés do chão...sim sinto tudo é o amor,é ele que te faz moleque,te faz menos feio, menos menos e mais mais...ele é um balsamo de vida,um elixir de vigor, mais que um canto de pássaro ele ´força,paz luz e vitoria,é o amor puro e trazido pra o coração e te fazendo sol, noite ,dia energia...e porque amar? pra que amar? pra viver! e viver! e viver! e amar.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

revogar!


ele costumava ser tão docil, seus labios pareciam um favo de mel colhido de uma flor suave e cheirosa

seu toque era tão inesistencial,parecia que stava tocando a coisa mais delicada e preciosa do mundo

o brilho dos teus olhos eram como duas estrela slatentes no seu num bom dia de verão,claro eseguro

seu gesto e seu encanto parecia feitos para aquele momento,como era bom perceber que estaria ali cada segundo..

fiel ao seus sentimentos e a toda sua verdade que acreditava....

mais perece que tudo morreu, parece que estas qualidades despencaram e foram levadas por uam grande enchente de dor e desespero...procuro seus labios e não ha nada mais que palavras de outros vazia e sem sentido,como se nunca estivesse tido um pouco de mel, a sinfoia dos teus dedos que fazia do meu corpo o lugar perfeito,sumio? onde estão teus olhos a luz que saia deles,estão tão tristes agora,apagados e sem memoria? onde estão seus sonhos, suas juras? acabaram....quem as levou,e porque as tirou...

quero de volta tudo aquilo que me ofereceu e eu nãos segurei,quero de volta suas palvaras, quero de volta tudo o que não fui capaz de suportar...volte em mim

e me deixe tentar mais uma vez, apague as horas em que não estive do seu lado,apague as vezes em que não fui capaz de compreneder seu coração,mais não fique tão longe...eu preciso de mais uma chance...traga seu mel,traga seu toque,traga seu olho..seja meu mais um estante.

por outras mãos.

Com os olhos fechados caminhando num mundo guiado pelas outras mãos...era assim que estava ela e seo mundo de papel pintado por cores liláis, mais mesmo com aquela venda ela poderia jurar que tudo aquilo que vivia era realmnte verdadeiro...poderia acreditar que não era apensa uma no meio das outras , estava ali pra encontrar aquele esourinho que liberta que transforma,e ela tinha tanta vontade que queria estar preparada para quendo quela coisa maravilhosa chegase....e apalpando cada dia cores e imagens que não sabia ao certo, ela seguia dando passos tentando ser comfiante...mais estava cega , e sua segueira maior vinha por seu sentimento preso pelo que mais te trazia prazer, seu pequeno coração! que caregava o mundo escrito por sua vozes e cores imaginadas,seus lilás entonados em seu caminho.
Permacia as vezes imovel ao toque de uma mão desconhecida,lhe trazia medo,receio,mais deixava,esta mão querendo guia-la não teria tanta opção,afinal não tinha olhos...
de uma outra forma,comdicionada a andar no escuro a ter apenas os seus ouvidos e as mãos de outros ,ela seguia por estradas que se pintava de lilás, e não acabava... e quando se sentia perdida dentro de si ,poderia ouvir no meio do caminho a voz da incerteza apunhala-la,e a falta de clareza que partia da falta dos teus olhos...como ela poderia permacer tanto tempo andando com mãos sem rosto? com passos sem corpo? nos caminhos sem saber se eram tortos?
mais no fundo ela sentia, que uma coisa poderia ser mais que uma mão forte e impulsionadora, chegaria a hora em que poderia ser guiada não pelos seus olhos ou pelos outros, e sim por suas asas,acharia seu tesouro em fim,poderia vora livrimente com uma borboleta que acabou de sair do cazulo e levou um tempo para secra suas asas..sim ela acreditava que aconteceria um dia,esta coisa chamada milagre,que só aqueles que possui uma qualidade de humano pode sentir, mesmo num caminho de incerteza e sem luz,ou de mãos que tentam jogar com aqueles que não sabem ainda andar...mais ela acrita e reza todos od dias por suas asas...ela vai ter.. e vao correr de tudo isto que tranforma seus dias sua qualidade em defeito e fraqueza!mais agora ela esta caminhando e deixando que a levem de lugar em lugar...ela esta sendo guiada...

borboleta.

sim...borboleta...que significado tem esta palavra,o que existe por trás dela?
gostaria de poder ter percebido tudo que me disse naquela hora,ter guardado cada palavra,mais
não consegui filtrar tudo de tudo...mais capitei o que pude
e o que captei esta aqui se movendo na minha mente como uma ,mariposa num casulo pronta para nascer...o que queria me dizer quando me falou que eu devo agir diferente,que devo tentar um outro caminho? queria te ver outra vez,queria te ver mais varia vezes...será que você me encontrou ou eu me perdi...será que você colocou na minha cabeça um pouco de coragem ou você me mostrou o quanto eu sou covarde?
preciso mais um pouco de sua sabedoria,mais...me falou pra eu cortar os laços, me mandou pensar e não sentir?
porque borboleta? porque uma coisa que voa? porque uma coisa bela?
ainda vou descobrir o porque de cada palavra,dita ali...ainda vou perceber...alem das palavras lançadas pelos lábios,e dos teus olhos confiantes e sinceros...estou mesmo encantado com tanta sabedoria e a forma como pode de fato saber o que dizer a uma "borboleta" carente....mais devo aceitar tudo isto? ou rejeitar sua verdade para que não se torne minha?
borboletas sentem estas coisas,borboletas apenas voam e colhem necta...borboletas apenas são borboletas sem saber que são...será que sou assim??....

quarta-feira, 20 de maio de 2009

comfição noturna!

são 00:51... e eu estou desmoronado..precisando do seu colo e dos eu abraço,sabe aquela historia de que posso ficar longe de você? não é verdade
mais vou ficar aqui esperando e contando os dias pra que isto passe...me sinto sem força e sem vontade....porque me sinto desprotegido sem você,me sinto fragilizado,vulnerável....
estou guardando pra você um amor sem reservas,quero a ainda poder descobrir o tesouro que existe dentro de você,quero poder te amar sem reserva,sem condições,quero viver minha teorias e razoes....moço,
não sou do tipo que implora o amor,embora eu precise ser amado agora por você...mais,não quero outro se não for você
muito rápido você passou a ser meu sol, passou a ser meu motivo...e eu amo isto. eu amo você...não sei como falar isto de outra forma, mais do que apenas palavras
ouço uma musica e não tem ninguém na minha cabeça
moço é por você que eu choro um pouco a cada dia,e pra você que eu dedico os meus pensamentos..sempre!
queria entender,queria entender, mais a mim não é possível,só sei sentir e viver....fique no meu coração,não por piedade,ou porque não tem uma opção,mais porque me ama,se ficar aqui em mim por amor,vou ser a pessoa mais feliz do mundo. lhe juro!
agora é 01:09 vou tomar um banho e deitar um pouco...desculpe por ser tão bobo e te mar tanto. me perdoa por ser tão pequeno entre tudo isto...mais eu sou assim. e TE AMO meu Rei

terça-feira, 19 de maio de 2009

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Solidão


Escondendo o rosto andou pelas sombras que a noite trazia, com a mão na face para que ninguém notasse as lágrimas que desciam por sua face

como um cão acuado e com medo entrava pelos becos e vielas

onde não havia luz de lugar algum ou menos uns nuance do brilho de uma vela

isto o alimenta,

em um caminho inseguro e incerto pisou sobre coisas e cacos de que ou quem

não possuía certeza...mais caminhava ele gostava.

parecia que sua cabeça estava louca a cada passo,parecia que o mundo ficava turvo em cada segundo; mais porque se esconder,pra que não deixar ninguém te ver? que façanha te trouxe esta vergonha? estranha e tamanha?

poderia andar.mas até quando ?

continuou sem interessar o que outros questionavam,nem se quer replicava,

sua cabeça baixa não e deixava escolha,quem passa ou encontrava se espantava...

haverá o que te traz consolo? haverá o que te traz paz? ficar louco é mesmo uma saída?

pare um segundo de caminhar,enxugue o rosto e tente conversar. que, esta a te acompanhar?

Tudo ao redor e um pouco de inimigo,tem um lado fosco e sem brilho,e se esconder ,ou esconder não vai adiantar não será a saída certa...alguém vai alcançar.

hei vamos pare,fale...o que fazes?

_ eu? eu fujo.

_pra onde?

_para longe.

_e porque?

_porque não tenho lugar,não tenho porto sou como barco solto no mar.

_então fica.

_seria te fazer sofrer.

_porque?

_me daria seu coração..

_sim eu procuro alguma coisa que encha ele,que me faça viver!

_eu fujo dele.

_de quem??

_do amor....quando ele chega eu tenho que sair, eu não posso dividir espaço com ele,ele é muito forte e sem piedade,ele rouba tudo e não me dá nenhuma igualdade.

_mais eu deixo você habitar em meu coração!

_eu preciso ir,porque não tenho espaço aqui.

_espere me fala seu nome,e fique,não me diga não.

_ se quer saber eu falo,sou aquele que desola,arrasta,chora,humilha,fragiliza e tormenta,que não perdoa e a qualquer um magoa,sou a companhia que ninguém quer nem homem ou mulher,sou como caminho na noite e desfaço o dia,com um beijo eu tiro a alegria,posso levar a loucura e lançar as ruas..sou aquele que invado qualquer coração sem linsença ou perdão,meu nome é Solidão!

quarta-feira, 13 de maio de 2009

caminhado sem sua sombra

olhei pro chão e havia apenas minha sombra e nada mais,
voltei-me ao lado e nada estava lá alem de carros,casas e algumas "nada"pessoas,
ainda como um garoto que precisa desesperadamente de uma mão para o primeiro passo,
pedi seu apoio, mais cade aquelas mão fortes que por horas me segurou?
continuei o caminho temendo a certeza de estar sozinho,
segui dando passos longos para virar cada esquina pra te encontrar,
horas a fio,sangue,pulsava meu coração,tina na boca o gosto da sede,
nos pés a força de caminhar e caminhar,
mais uma vez em uma das viradas,tentei te buscar com o canto dos olhos,
querendo achar em algum segundo,por um pequeno segundo,um vulto do que poderia ser sua sombra...
e tão cruel ter que olhar e não te ver,
não te perceber,se esta zangado,confuso,trancado...se te passa uma brisa pelas costas e te faz sorrir como um garoto de poucos anos,ou se meu geito meloso e as vezes indeciso te deixa um tanto chateado e mais confuso,
e tão insano ter que viver aqui esperando que o tempo passe e não poder fazer nada alem de preencher alguns segundos do meu dia com prosa e poesia,
quando tudo que eu mais queria era poder simplesmente contemplar seu olhar e deixar que você sinta-se leve e vazio ao meu lado,
deitar na mesma cama e falar dorme bem meu namorado,
ou fingir que temos uma nave e podemos voar ate cancum, quem sabe?!
mais na verdade quando abro olhos e nada esta, nada é,alem daquelas lembranças de que um dia vivi , de horas que o sorriso era meu protector, seu beijos eram com balsamo para minha dor, nada importava além de ter a plena certeza que ao me virar,você estaria lá.
assim com eu ficariamos ali,pra você,seriamos nós em nós....
mais agora quando olho que vejo? apenas minha sombra sozinha,calada e cabisbaixa,tentando enfrentar o tempo como uma heroína,como uma grande guerreira que leva no peito o sentimento que faz do mortal a coisa mas bela o "amor.".....por isto vou caminhar sozinho junto a ela,esperançoso pelos dias em que vou te encontrar...e num olhar sem nenhuma palavra vou te dizer tudo que sinto. tudo que se deixa entre os dentes e se arrepende depois;por simplesmente não ter dito antes...
nesse dia não ´chão que vou olhar,nem sua sombra eu vou buscar..é me teus braços que vou ficar,e morar pra sempre. meu grande amor.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

sexta-feira, 8 de maio de 2009

hoje

hoje eu senti sua falta, sim hoje eu quis um abraço
me enrolei no lençol, estive por entre os travesseiros
olhei as carinhas que estavam ao meu redor com olhos de plásticos
e pelos ouriçados
mais nada nenhum semblante
pode me trazer o que você me leva cada vez que se afasta de mim
cada segundo que sua voz não entra e acalma meus sentidos
que correm meu corpo a sua procura
quase não quis levantar mais me obriguei a fazer isto,e na hora do banho quis gritar seu nome pra ver se você ia responder...mais me contive com uma gota de nada em minha garganta
porque sei, você não vai responder,porque não esta lá
queria deitar e olhar nos teus olhos
queria acordar e beijar tua boca
queria respirar e sentir teu cheiro,aquele que sai direto da sua pele
queria esperar você sair do banho e poder olhar cada parte do seu corpo
e suspirar em mim afirmando" eu amo este cara!"
mais ainda estou aqui distante lutando com eu mesmo para não deitar e me deixar lá em qualquer lugar por algumas horas
e imaginar que a qualquer momento vais voltar me envolver em teus braços e com um pequeno toque de seus lábios
vais me falar..."acalma teu coração meu querido,eu votei pra você!!"
é manhã,eu devo levantar e emfrentar....a sua falta hoje e muitos outros dias.

ontem

"ontem eu vi teus olhos mais uma vez
ontem fui envolvido pela sua graça
fui envolto pelo teu encanto
sua sutileza e gentiliza...
acho que aquele comentario
que nos deixou desconcertado
tinha mais que uma simples explanação
porem aceito esta condição
de as vezes poder te ver
as vezes poder te baraçar
as veszes imaginar que um dia
ao mmeu lado tu tambem pode estar"

sábado, 2 de maio de 2009

ilusão...


palavra forte que cresce a cada amanhaecer

palavra esta que quem a porta faz ainda mais um pouco menos sabio, um pouco menos lucido

palavra esta que é muito mais que um simples sentimento de esperança

é um sentido que não comtrolamos até que ela mesmo por sí se dicipe de nós

palavra que ao brotar nos traz força pra continua um seguimento

pra tentar trilahr uma historia,

mais com o passar das luas, com o acordar do sol fica cada dia mais

inospita...

com todas as sua raizes brutalmente fincadas em nossa cabeça

nos levando e nos trazendo de um lugar para o outro num sentido bobo e louco de que em algum momento ou segundo aquela coisa vai acontecer, havera um bum

e aquela palavra vai ganhar fibra

vai ter luz como uma mulher na mesa de parto prsetes a trazer ao real

o desejo e sentir o valor .....

palvra esta com poder maior ou igual ao amor, ou é ela provocada pelo amor esacerbado por uma outro amor exagerado que pode talvez não ser realizado?

palavra esta que causa um ugubeto de dor aquem hospeda sem saber oq eu ela pode trazer

palavra inapalpavél,que por mais que queiramos não passa de

um simples desejo, um simples halito do tempo,uma simples cova da vida....

quinta-feira, 26 de março de 2009

lembranças

Não queria mais lembrar daqueles dias ao seu lado,em que minha vida parecia um tomento
que eu passei vagando no escuro,mais tem dias que realmente não consigo esquercer
e me doi cada pedaco do corpo, e começo a ter novamente o sabor daquelas horas....sera uma marca para sempre. Porque teve que ter feridas? porque eu tive que sofrer? poderia ser tudo tão tranquilo....não sinto saudades, não sinto vontade, meu coracão nao canta no peito...só queria conhecer seu mundo e acabei por perder o melhor de mim,minha alegria espontanea,viva,acabei por me machucar tanto...e agora não consigo me curar,e as vezes te ouvir...não importa de quem foi a culpa,apenas sinto,o que não precisava ter sentido.
queria ter saudades dos tempos,das pessoas,queria olhar pra traz e dizer foi bom,queria ,ha! como eu queria...mais só sinto dor e tristeza,admito fui infeliz com você,e sei que cada vez que uma lembrança vier em minha cabeça,eu vou perder o chão e vou cancelar-me em mim, e isto vai fazer com que a ferida seja sempre aberta,arrebentando dentro do meu peito...quantos dias passaram-se, e eu ainda tento com toda força entender, eu juro que tento comprender, e me acho tão tolo quando não tenho resposta, e me sinto tão invalido quando voce tambem parece não querer me dizer a verdade por traz da verdade...eu juro que entenderia. Porque pior que não achar a saida da estrada é viver perdido
sempre nela...sem saber.

domingo, 15 de março de 2009

COMFESSO


comfesso quase errei eu sei
me condene porque deixei
mais noa foi minha culpa,havia raiva
nao foi só eu quem deu um passo em falso
voce estava comigo
quando eu vi voce junto ao inimigo
ele tambem sorriu pra mim,como pra voce.
exatamnete pra mim
que andava sem saber
pelo caminho indevido no escuro
e ele estendeu a mao que parecia a salvacao
das minhas horas de angustia e solidao
mais nao foi só minha culpa,eu quase estive caindo
voce eu sei sedeu aos encantos
e deixou que aquele falco desejo
enganase nosso amor
mais eu sei que eu tambem errei,
pissei,sufoquei
e pra mim te ver voltar agora nao é facil
te aceitar, e fingir
chorar e seguir.
"as cancoes de amor que ouco
fala de amor
os motivos dos meus sonhos sao com voce
cada casal que vejo caminhado na rua
sinto desejo de estar ao seu lado
de maos dadas
andando pro mundo comose nao importase nada
porque seu ar me traz vida
seu sorriso é a coisa mais doce
suas maos e a mais forte
que já vi
teu desejo eo mais intenso que eu ja
experimentei."

Nao demore a voltar
estou aqui na calcada
sentado esperando
que voce volte e traga conseigo
um pouco de vida
que só teus olhos tens
e ainda tenho em minha
espinha o frio e o vazio
deixado pela sua partida
sem um sorriso ou se quer
ums simples gesto de corpo
minha cabeca tenta
mais meu coracao nao aceita
esta perda
sua ida ainda esta viva e presente
em minha face
nao escondo meu semblante
ainda tenho as mesmas ropas
som seu cheiro
os lencoes me envolvem do seu ar
e me comforta toda vez
que eu estou nele...deitado esperando voce voltar.

sujeito

realmente que sujeito extranho sou eu
que qualidade de pessoa me define
em que classe de animal eu me enquadro
onde posso adequar meus padroes e morais
o que eu represento prara sociedade
alguem sem cor,sem sonho,sem desejo
um homem que se move a procura do espelho
pra tentar perceber o reflexo dele mesmo.
"se eu pudesse apagar o tempo um sós egundo eu juro que pediria um decimo de segundo para poder nao ter dito sim"

Sureal


uma boneca que ri sempre
com olhos brilhantes e felizes
cochecha clara e rosada
sentada na mesa de pernas cruzadas
nao ve?mais tem olhos
nao ouvi? mais tem ouvidos
nao cheira? mais tem nariz
ele é perfeita pra casar!! todos diz.
é delicada e comportada
nao bate,nao grita é so chora quando
a irita
esta sempre atenta e pronta
a ajudar
noa é bonita mais tem boa pinta
que boneca genial
vou colocala no meu pedestal, isto é sureal.

multilacao


acoite a minha alma
aranque meus olhos
para que nao veja
tire meus dentes para que nao ria
corte minhas mao
para que nao sinta
quebre minhas pernas paraq ue nao siga
prenda meu corpo
para que nao deite
e em fim me deixe aqui
multilado para seu puro deleite
e noa serei nada mais
do que um bibelo
de cor palida e clara
como leite ou agua inodora e incolor!

compania

A tempos a dor é minha compania
ela deita e levanta
oa meu lado
esta comigo e me faz sofrer
a cada segundo consigo perceber
como e onde ela atua
o pior é que toma conta de mim
tirando o direito do meus pensamnetos e
meu corpo
me impulsiona ao escuro
deixando em mim as marcas
que elatrazdo mundo
mesmo quando estou sorrindo
ela me faz perceber
_eu estou em voce!!_
e nao me dá refugio
alojada no meu coracao
me cega os olhos e me deixa em uma
pista cruzada
sem direcao.

Pequenas Coisas

parece que meu
propio prazo de validade esta passando
e o motivo desta vez,eu mesmo sei.



quero achar o botao de start
para poder ligar
o programa da
felicidade.

se existe amor?
sim, em mim. um maor demasiado
que trasborda em meu peito
e me deixa exilado
queria o mundo
mais hoje ele nao é nada se voce nao
sorri ao meu lado

as horas,o dia e eu




hoars interminadas
passam por meus olhos
que te procuram durante
todo dia,em meio a multidao, na televisao
ou memso no quarto sozinho na solidao
e assim a cada dia
minha insuportavel marcha da manha a noite
vendo os ponteiros seguirem
um apos o outro
como o dia e as horas
e meus olhos,passam e te procuram
mais nao adianta,eles nao acham.
"minha vida esta de cabeca pra baixo ao seu lado
nao consigo me sentir
seguro em
nenhum segundo...isto doi a dor do mundo."

porque te amei


porque te amei?
porque eu me deixei em seus
encantos
isto foi meu maior erro
a maior loucura ter me
deixado aqui, pra seu dispor

agora tenho receio dos dias
sem voce,tenho medo das
horas que nao esta
meus pensamentos sodam
seus gestos
e meus olhos desejam
seu corpo
mais é ariscado me deixar te amar cada vez mais...

domingo, 1 de março de 2009

entre dois


-Oi posso te ajudar?

-Sim claro!!

-Quer dividir o peso?

-Porfavor pega.

-Tudo bem...por onde comeco? o que carrego primeiro?

-Nao quero te dar trabalho mais voce pode pegar um pouco dos meu sonhos??

-Sim,nao tem problema,mais sao muitos!!quais eu seguro?

-Pode ser este ai,dourado...mais tenha cuidado.

-Sim parece bonito...na verdade é bonito olhando daqui.

-Sim, mais ele é o mais delicado.

-Porque?

-Porque eu ainda nao tenho ideia de como ele pode ser de verdade,quando eu o tiver aqui comigo.

-Vais er feliz,é seu sonho,o mais lindo sonho,nao precisa saber é so viver.

-Nao é facil assim...

-Entao agora tenho seus sonhos na mao direita,o que mais posso levar?

-Pode levar um pouco do meu trabalho comigo,eles me deixam cansados e sem desejo.

-Entao ponho-o na mao esquerda,me da um pouco.

-Obrigada!

-Mais é tao ruim assim?

-Sim, mais tenho que aceitar,escolhi isto pra mim,nao devo reclamar...na vida muitas vezes fazemos escolhas facies pra nos,mais que com o tempo nao da mais prazer e vivemos uma rotina de tortura. criadas por nos mesmos...e nao encontramos fuga.

-Nao imaginei...

-Eu tambem nao idealisei,ou talvez nao quis idealizar e onde estou?

-Eu nao posso te dizer,isto é só voce que pode resolver.

-Mais eu estou tentando.

-Tentar,tentar,tentar...entao ainda posso ajudar um pouco mais

tenho as costas livres,o que posso levar pra aliviar-te um pouco mais?

-Sim, tem uma coisa que me fara muito mais elve ,se voce poder me ajudar.

-O que é?

-Minha conciencia,esta nao me diexa viver tranquilo. me acoita todos os dias como se eu nao pudesse ser livre...

-Mais o que vai na sua conciencia?

-Tudo! tudo! as piores e as melhores coisas,os medos e os desejos,os receios,oe erros e eos acertos,coisas e cituacoes que martela minha mente a cada segundo,é pesado de mais,eu nao consio para de pensar em um só segundo...e isto atrapalha minha vida,encomoda minha existencia..

-O ato faz parte do homem,somos racionais,isto nao muda.

-Sim,e tenho medo realmente que nao mude nunca,que eu nao consiga acalmar,nem esquecer...

-Deixe-me levar um pouco,de-me um pouco, mkais nao sei o quanto eu posso suportar,mais vamos tentar.

-Vais sentir dor!

-Sentiremos juntos.

-Porque?

-Porque tambem tenho coisas pra dividir...vodce quer me ajudar?

-Sim,eu posso...


Descepcao...

dia a dia agora vivo com o refelexo do que por dias eu imaginei ser o que mais desejei,talvez ainda deseje,talvez agora tao cedo tenhamos só o costume,talvez saja apenas questoes que ainda nao sabemos como resolver, toda esta coisa exacerbada que nos rodeia toda esta intencidade que pesa sobre nos,toda esta agonia para que tudo passe como uma passe de magica e possamos estar alem do arco-ires e chegar ate o pote de ouro que tememos nao existrir...toda uma comvencao de coisas que faz uma invencao do que queremso e buscamos,parece meio louco e insano seus atos,pareco deslocadao mesmo que suas palavras tentam me fazer acreditar que esta tudo bem que posso quase ser a pessoas e o lugar certo para ambos
e que terei sempre seus olhos voltados para nossa jornada,e faco todo o esforco para que os meus nao se desvie e tambem se mantenha aqui com toda esta atmosfera que conseguimos por muitas vezes criar sem nescecidadae sem que nos mesmo merecamos...voce repete palavras e eu repito gestos que eu nao quero mais...agita sobre nos uma ar descepcao,agrega-se sobre nos um profundo rumor de eu nao imagina que isto poderia ser assim. e pensamos porque nao aceitar isto ou aquilo,qual é o medo aqui? qual é a razao aqui? porque ainda estamos aqui? para que estamos aqui?

aUsEncIa


ausencia de um sentido que maracava o meu complexo modo de existir,esta complecidade que unicamente me tranfigurava em uma coisa ou acaso que nem mesmo um isimo sabio poderia decifrar ou se quer esplanar...mais agora existe apensa uma ausencia ....oq ue é ausencia? alem de falta?















sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Estar



Permaneca ao meu lado
mesmo quando nossos
quadros perecerem
desbotados

Fique aqui só mais um
segundo
para que eu possa
acariciar e senir-me
parte do seu mundo

Esteja deitado quando
eu abrir os olhos a noite
e ainda poder respirar fundo
e tranquilo

Encontre-se em nós
aproveitando cada parte
do que nos pertece
e permita que eu te ame
e voce me ame

Mantenha seus olhos atentos
e farei igual
mesmo que parecamos
cegos as vezes
vamos tentar nao perder
e compreender

Quero dizer que: nao importa se uma das maos folgar no percurso,se quisermos teremos um ao outro se quisermos.
te amo.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

NÓS

"A GUERRA QUE EXITE DENTRO DE NÓS SOBRE DESEJSO E CONCEITOS QUE SE COMFLITAM A CADA DIA NAO É UMA COISA TAO SIMPLES COMO NOSSAS MENTES BRILHANTES TENTAM ENTENDER. "

em construcao...

quando as nuvens caem do ceu
elas decem e cobrem a cidade
de um gelido e branco veu
trazendo beleza e encanto
com todas estas fabulas e conto

enquanto as nuvens caem do ceu
as pessoas na cidade se movimentam
se agitam
esfregam-se a distancia ums nos outros
mantendo-se com as nuvens caidas do ceu
calidas e gelidas

é mesmo assim quando as nuvens do ceu
descem para climatizar este aglomerado
mundo chamado cidade
chios de olhos e bocas que nao dizem nem olham
de verdade...

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

quando voce ama..part I

Quando voce ama
voce cala e omite
para nao fazer sofrer
voce oculta ate morrer
esconde a dor para nao perder
é assim quando voce ama
voce perecbe mais finge
que nao ve
voce se corte para
nao ferrir
engole as lagrimas
para fazer rir
é assim quando voce ama
evanesce a vida mais
nao quer ir...é mesmo assim.

sábado, 31 de janeiro de 2009

eu nao quero,entao nao me obrigue


ser tolo é um questao de estado.

permanecer tolo é uma questao de burrice...

obviamente...

naoq uero mais permanecer nem esta

vou relamente ser como voce quer que eu seja.

nao posso mais.

nao mais desta vez....entao se continuar nao

me pessa,nao obrigue..

porque já descobri que voce nao pode...

esta desbotando,perdendo sua cor.

nao só por fora...

eu nao quero.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

eu e ana

anna:
fred
faz dias q estou sonhando com morte
tiro
assasinato
sei lá
muitas semanas já
estou com medo.
fredsonn:
como e
anna:
nunca sonhei tanto asim
fredsonn:
konta
anna:
e o pior é q eu spoou a vitima
anna:
rsrs
n sei é confuso
policia
assalto
bala perdida
brigas n sei tipo assim
e estou sempre envolvida nunca de fora olhando
entende
tou com medo
rsrs
fredsonn:
mais vc esta dormindo
pensando nestas coisas
anna:
sim dormindo
as vezes penso durante o dia
todop o dia sempre penso
n sei pq
axo q tenho q tomar banho de flor.

fredsonn:
correto te falar que quando agente dormi com acabeca pensando em uma coisa
e comum que sonhemos correto
que sao aqueles sonhos
sim
matinas,quandoe sta perto de gente acordar
e porque nosso cebeRU
esta voltando a reconhecer
o nossa.hummmmmm cotiano
vamos colkar assim,
porem se o sonho for uma coisa em horararios
mais diurnos
acho que vc devia sim
bater uma folhar
anna:
rs
fredsonn:
porque nao alemao
serio,tipo fazer uma oracao,um jejum
pra jhá com vc quira...
anna:
não axo q vou morrer de tiro ou bala
mais assisto tv na mira
fredsonn:
porque vc sabe que vc esta num ponto( tipo de vida mnao espacial
anna:
um programa muito violento q é só bala tiro mesmo
e eu vejo os cadaveres de pertinho
fredsonn:
e que vc atrai
anna:
daí fiko pensando nisso o tempo todo
fredsonn:
muitas coisas boas ou ruim
anna:
e eontem paty foi assaltada
fredsonn:
entao o pensamento
é um portal muito serio
vc sabe.
ann:
quando vinha pra casa
fredsonn:
pra sua alm,a seu espirito
fredsonn:
pra tudo
onde
anna:
o kara colocou uma pistola na cabeça pediu o cel e disse p ela n correr
fredsonn:
ela foi assaltada
anna:
mais ela correu
mais ele n atirou n
fredsonn:
gente....
ela teve sorte,ou ela teveDeus.
onde foi isto
anna:
akui
no vale
ontem a noite
fredsonn:
gente conhecida
sabe as horas dela

anna:
n sei axo q os pivetes das casinhas
pode ser bixa
quero sair dakui
pq vivo o dia todo no meio da violencia está me sufocando já
começando a fika depressiva pÔ
a vida n anda como vc planeja
n sei axo q energia ruim
a violencia tomou conta de mim o medo mesmo
n gosto de sair as ruas
evito ir no centro muita violencia akui
muita mesmo
fredsonn:
amiga,cindrome do panico...
putz! isto é mesmo grave sabia...
e nao quero te deixar pior
mais acho que nao vai melhorar
porque as pessoas tambem nao querem
nao pessoas
como eu e como vc
mais aquelas que vivem de toda
esta merda
toda esta guerra que é mais
um genocidio
anna:
pois é
por isso quero ir embora dakui
desse bairro dessa cidade
ir p um lugar q der p se viver fakla serio
ta demais
muito trafico
muitos assaltos
muitas mortes
e eu me vejo nisso tudo
pq queira ou n
moro akui
e tenho um irmão q n é facil tbm
estou pensando em montar algo fora dakui
p me libertar mesmo
estou sufocada
de verdade nunca me senti assim
fredsonn:
imagino
porque pra vc chegar aflar estas coisas é porque realmente
esta imsuportavel...
anna:
nunca tive uma vida boa
mais tbm nunca vivi assim tbm
fredsonn:
neunhm de nos
anna:
ou vivia e n me dava conta
fredsonn:
verdade
anna:
sendo assim n sentia pq n percebia
mais agora é diferente
sinto e percebo
e n quero mais
fredsonn:
esta certa
é como se estivessimos
encurralados nao é
por vezes me senti assim
mais me obrigo sempre a nao querer aceitar
mais tambem tenho medo no onibus
na rua
ate na propia rua
esta virando um inferno.
anna:
fredse chega um menino aki p compra
fredsonn:
e pior que comfiar em alguem tambeme stas ficando dificil nao é
anna:
ja penso q está armado
fredsonn:
sim
anna:
e as vezes n é
eu pensei nisto.
e o pior é pra disfarcar isto..
anna:
julgo mal
fredsonn:
trabalhar neste panico,é morrer um pouco acada dia.
anna:
mais peço perdão a Deus por isso
mais hj n se sabe quem é quem pô
verdade
vou correr na praia todos os dias agora
n gosto
se pudesse fazia uma acadenmia
mais vou fazer isso p ver se o dia fika melhor
mais mesmo asim fiko com panico
dos pivetes descerem na areia e tentar tomar o radinho de pilha
axando q é um mp3
rsrs
fredsonn:
porra...........
é verdade.
anna:
o caso é serio....

anna:
fred sou mulher e estou com medo da porra ..n quero me imaginar um homem nese momento axo q nem saia de casa
somos livres e temos o direito de viver nossa vida como desejamos
fredsonn:
amiga
anna:
mais a sociedade reprime
fazer oq?
fredsonn:
quantas vezes eu rebolei perto da policia,pra eles
perceberem que sou gay
ainda assim comedo de ser desacatado
ou forcei o andar
anna:
n estamos mais no tempo dos gritos como fez os grandes lideres..hj tem q se abaixar a cabeça e dizer ...sim senhor
fredsonn:
como um macho
pra os ladroes nao mecher comigo
arf! esta dificil.
verdade
anna:
rs
fredsonn:
ainda sujeito a tudo.
anna:
pior q é
muito ruim
fredsonn:
sempre. e viva
anna:
por isso digo fred
faz a sua vida
sai desse lugar dese bairro meu
vai morar em um lugar tranquilo
p ser mais respeitado ou menois discriminado
pq se não vai fikar pior
s´po tem a piorar as coisas akui]
podemos ser oq quisermos..olha obama
mais p isso tem as recras como tudo
e temos q seguila...infelismente
fredsonn:
sim...
talvez o mnais duro
seja seguir as regras
deles
que nao nos vale de nada
anna:
pois é
fredsonn:
se vc observar
a vida esta perecendo um daqueles filmes
de acao
precisando de um rabo
robocop
ou coisa parecida
e nao é ficxao,o pior de tudo
é que é real
morre pessoas
e pessoas todod dia
sem parar
sem edscanco....nossos amigos aos poucos se perdendo
no mundo das armas e drogas
maes e pais revoltados com os policias
gente....eu ainda nao vejo saida
retorno
pra este lugar.
anna:
verdade
n respeitam
a policia n respeita pô
axa q todo mundo é igual
se vc n fala te batem
se falam batem tbm
fredsonn:
daqui a pouco vao chegar pra nos, nos dar a arma e falar :se mata!
sei lá....ta muito loko.
anna:
sim
fredsonn:
e o pior é nao ceder a isto tudo
quer dizer o mais dificil
porque se a situcao aperta,logo aprece um com uma solucao
pratica e rapida...
e se voce nao estiver atento,cai bonitinho. como um patinho.
anna:
tenho uma amiga em sp q é guarda civil metropolitano
ela trabalha interno
quando dizem q ela terá q ser sentinela na frente da base
só falta morrer
de medo
imagina se tivesse de subrir o morro
rs
fred
fredsonn:
putz!

sábado, 24 de janeiro de 2009

?

sim
o que ele é agora?
o que procura sem saber?
ainda consegue olhar e ver o alem do ceu?
pode ver,decifrar um sentido por traz di gesto?
sente sera mesmo que sente?
pra onde vai agora o que da a certeza?
ainda gosta de andar sem chinelos e tocar o chao?
ainda tem os desejos guardados a tempos?
entao olhe bem,
ainda ve o que encontrou?
esta tudo no mesmo tamanho,ou alguma coisa é
infinitamente grande para suportar?
sim, o que agora?

EU NUNCA MATEI COM ARMAS
PORQUE POSSUO NAS MAOS COISAS MAIS LETAIS
QUE FERE E DEIXA UMA PROFUNDA CICATRIZ
NAO TEM LAMINA MAIS MARCA COMO UMA FACA
TENHO NAS MAOS;PALAVRAS!!

PeNsameNtos

esto pensando nas coisas passadas e passadas,imaginando se eu teria ficado se os outros agissen assim...mais nunca puderam ver que nao bastava um tanto para ouvir um "eu te amo" nao enchergaram que isto nao tem valor material que nunca se compra; o desejo sim,as palavras tambem,mais o afeto simples o gesto que define esta coisa chamada "amor".
nao entenderam nunca neunhum deles, que eu nao precisava de estrela mais brilhante nem do mais puro diamante. nunca!
o que quis nao custava,o que eu quis era um beijo,um abraco de alma nao de carne...
talvez meus sinais nao eram claros como imaginava,o ecxesso de cuidado que sempre tive comigo pode ter indicado o caminho errado.
para que qaueles gastosirisolidos? toadas aquelas coisas com que devia parecer;só pra "dizer".
acho que ele me ama,porque ele me ve. e eu gosto disto,aprendo com isto...talvez seja cedo pra ele saber,mais pra mim hoje" já é", os outros foram os outros; e este_ memso que nao mais queira é pra sempre!
estou tao feliz que nao preciso parecer um boneco perfeito,ou um objeto , nao escondo se tenho frio ou nao,se quero ficar só por um segundo,ou com ele,ele entende.
posso ser este pequeno e tentando ser o melhor nao por forca mais por vontade.
e por tudo isto,por eles e por ele,estou feliz por ter ficado só com ele.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

ela e a estrada

No meio da estrada.para.
_quer carona?
Cançada,enfada tudo é nada. olha a sua volta,apenas ela,aperta os olhos o caminho parece longo,o sol não é como um bom senhorio,castiga e acaba.Por uma pequena fração;pensa.
_porque fazer?
assim, com esta ajuda,inesperada,poderia encurtar o tempo e estrada. Porque não?
Mais sim,porque não esperar mais um pouco e seguir sozinha seu caminho...mais também,pensando bem,28 anos é tempo o bastante,já esperou muito,é tempo demasiado.
_devo terminar?
Seria agora um retorno da vida por tudo que fez? coisas boas e mas;por qual retorno estaria a vida lhe trazendo esta facilidade,será isto de verdade?
_o que acontece agora?
Vinte oito anos, não é muito para se perder assim entre palavras e coisas,entre uns poucos segundos.
_você quer ou não?
Soa a ultima badalada,ela ainda calada,o ronco a assusta a decisão é tomada,a sorte lançada....haverá tempo pra pensar em arrependimento?
A estrada e ela segue,não mais parada. Ela segue

ACENTOS

POEMAS INTERMINADOS
CHEIOS DE RETICENCIAS
DORES GUARDADAS
PARECE UMA DOENÇA
UMA COISA QUE SE ESPREITA
DO MEU PEITO
FICO CADA VEZ MAIS, MENOS SUJEITO.
MUITAS FRASES INTERROGAÇÕES
TODAS POSTAS EM SUAS NOTAS
COMO NUMA CANÇÃO
E PAREÇO SENTIR MENOS APREÇO
DA VIDA
SÓ MEDO
AS VIRGULAS, TROPEÇAM MEUS DIAS
ME EMPURRAM ENTRE LINHAS
QUERENDO
SEMPRE SABER
O QUE ESTA PRESO DENTRO
SEMPRE RETICENCIAS,EXCLAMAÇÃO,
INTERROGAÇÃO E VIRGULA
NUNCA NO MEU CONTO UM PONTO, SEMPRE OUTROS ACENTOS.

eu

É A MINHA ULTIMA CHANCE
PORIÇO NÃO DESPERDICE
SÓ TENHO ESTE SONHO
ENTÃO NÃO HAJA COMO DONO
QUERO APENAS ESTA VEZ
SE NÃO FOR VOCÊ
ME FECHO E VOU
DE VEZ
PRA QUE NINGUEM POSSA
ME FAZER SENTIR
O QUE ME FAZ TEMER.

a você

não me procura
não me liga
não me tenta
acabei com seu
sonho
acabei com seu
desejo
acabei não quero seu
beijo
antão esquece de mim
então pula esta pagina, não fica assim
então poderar ir sem mim
você foi doce todo
tempo
você colocaria as mãos
e me cobriria do vento
você quase me viu
como sou por dentro
estas palavras ferem
estas frazes machucam
estas coisas que marcam
mais seguirei te
vendo
e mais tentarei cada
momento ,
e agora esqueça,e pelos belos dias siga.

porque??

porque não me falou que não era mais o seu sonho?não me contou que era com outra que na mente dormia?e expois em grandes letras palavras do tipo: por favor escherga,eu não quero mais você!poderia ser mais gentil e amigavel,ter mostrado que esta no limite,insuportavel?eu sei,ia chorar ,lamentar, me rasgar,talvez tentar me consumar.
mais porque não pode?porque não houve sensatez?porque esperou eu me olhar , me converter e me ver no que tornei?porque jurou amor?porque tentou?para que continuou?seria mais fácil ter gritado que tudo estava acabado,que seu coração continuava ocupado.

pecado

um pecado que corroe a alma
que destroi sua calma
não pense nisto é errado
acredite em mim
não vai conseguir voltar daqui
atraente e formoso
nas mãos um cedro
no seu corpo ouro
sera ate voce secar
seus olhos cegos
seus ossos fracos
não sentirar a luz
naõ vera nada
e ao fim terra e cruz
posso sustentar
posso acrecentar
posso suportar
mais não escapar
é um pecado
bem criado
saido do seu profundo
tornado homem
vindo ao mundo
te leva a calma,traz desejo e rouba a alma.

eles..

eles falam:
ainda não é tempo
espere,aqui tem uma coisa nova
eles perguntam:
você vai sobreviver?
pra que fazer?
aguarda uma boa hora?
porque não espera?
eles querem:
fica comigo,
tenho abrigo
deita aqui e se espalha
eles escolhem:
isto aqui é pra você!
agora pode ceder!
é melhor este daqui ter!
eu fico:
confuso, entro em parafuso
quero mais me recuso
a ficar só neste mundo.
mais eles!?!
são eles!

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

PRESENTE!


HOJE TENHO NAS MÃOS

O MAIOR PRESENTE

DA VIDA.

AQUELE QUE NÃO

SE COMPRA NEM SE VENDE.

AQUELE QUE SÓ

DAMOS QUANDO ENCONTRAMOS

ALGUÉM ESPECIAL.

UM PRESENTE QUE

NÃO TEM TAMANHO

FORMA OU VALOR.

UM PRESENTE QUE

OFERECEMOS MUITAS VEZES

MAIS NEM SEMPRE

É APROVEITADO.

TEM TANTO TEOR

QUE QUANDO PERCEBEMOS

QUANDO TEMOS

PODE ENRIQUECER O CORAÇÃO

MAIS DURO

DE MAIS PURA E LINDA EMOÇÃO.

PORQUE ELE TRANSFORMA,

EMBELEZA,E FAZ FELIZ

ENLUMINANDO A FACE DE QUEM

RECEBE E O TEM.

O AMOR!